Alegria Breve

“Recomeça tudo de novo. A terra não pode morrer. Como viveria ela sem ti?” Vergílio Ferreira, in Alegria Breve

read more at the bottom
“Recomeça tudo de novo. A terra não pode morrer. Como viveria ela sem ti?”
Vergílio Ferreira, in Alegria Breve
Tentamos abrandar a inexorável passagem do tempo, resgatar os passos sussurrados daqueles que partiram. Aqui, onde o tempo é pacientemente tricotado por aranhas, há memórias escondidas nos interstícios das pedras de xisto.
4 imagens 32 x 24cm
Cianotipia, com viragem, sobre papel 100% algodão
Cada imagem é parte de uma série de 3 provas mais 1 prova de autor
“Everything starts again. The land cannot die. How could it live without you?”
Vergílio Ferreira, in Alegria Breve
We try to slow down the relentless passing of time, to rescue the whispered steps of those who are gone. Here, where time is patiently knitted by spiders, there are hidden memories between the shale stones.
4 prints 32 x 24cm
Toned cyanotypes, on 100% cotton paper
Each print is a part of a series of 3 + 1 AP
Back to Top